alt marcas
18 de novembro de 2016

No total, 24 iniciativas de impacto social da região participaram do pitch, que aconteceu no dia 12 de novembro.

A cidade de Almenara (MG) serviu de palco para mais de 90 jovens e suas ideias inovadoras. No dia 12 de novembro, chegou o momento de reconhecer as iniciativas de empreendedorismo social que mais se destacaram durante o eixo de Formação do Programa Pense Grande, executado no Vale do Jequitinhonha pelo Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDEDICA), parceiro da Fundação Telefônica Vivo na região. Durante todo o ano, meninos e meninas dos polos de Almenara, Pedra Azul e Itaobim trabalharam para desenvolver projetos que colaborassem para a melhoria de aspectos dentro de suas comunidades.

Logo na abertura do evento, os participantes receberam uma dose extra de inspiração. Jussara Rocha, idealizadora do empreendimento social Raízes Desenvolvimento Sustentável, foi a responsável por chamar a atenção dos participantes para a importância do trabalho com impacto social ao contar sobre a iniciativa, que tem forte atuação na região. O negócio social trabalha principalmente com turismo sustentável, empreendedorismo, governança e gestão de redes e investimento social privado.

Como não podia deixar de ser, o momento mais esperado do encontro foi a apresentação dos projetos em formato de pitch(demonstração de até 5 minutos sobre cada iniciativa), para uma banca composta por organizações e consultores, como a Aliança Empreendedora e Gambiologia. Os critérios levados em consideração pelos avaliadores foram a inovação, o uso da tecnologia, viabilidade financeira e impacto socioambiental. Aberto à comunidade, o pitch no Vale do Jequitinhonha recebeu em torno de 120 pessoas e contou com a presença de diretores de escola, professores, amigos e familiares para prestigiar os participantes.

Carol Abreu, coordenadora pedagógica e educadora do CEDEDICA, é uma das responsáveis por apoiar esses jovens no Vale do Jequitinhonha. Ela reconhece a diferença que o programa fez e vem fazendo na vida desses jovens. “As ideias apresentadas têm como foco a mudança de problemas dentro das comunidades. São projetos que colaboram para o desenvolvimento dos jovens como um todo”.

Em Itaobim, dois projetos foram premiados: a plataforma de crowdfunding Mobilização Solidária ficou em primeiro lugar e em segundo a iniciativa Futuro Pró-Divulgações, que divulga cursos da região.

Já no polo de Pedra Azul, o guia turístico online JequitiON recebeu o primeiro lugar, seguido pelo projeto de anúncios de emprego para músicos, o Play Job. No terceiro lugar houve empate e a Ativa Saúde, que fornece informações sobre o funcionamento das Unidades Básicas de Saúde e Start Uai, plataforma digital para fomentar a cultura empreendedora na cidade, foram as ganhadoras.

No polo de Almenara, a primeira posição ficou com o projeto que promove a venda de produtos da agricultura familiar, o Verde Já. Em segundo, a iniciativa que exibe filmes em espaços públicos, Carroçine, foi reconhecida pela proposta e em terceiro o projeto artístico Palco Aberto.

Cada um dos jovens ganhadores recebeu o prêmio de acordo com sua classificação: o primeiro lugar recebeu R$ 500,00, o segundo lugar R$ 300,00 e o terceiro lugar R$ 100,00.

A premiação, que aconteceu do período da tarde até à noite, foi um misto de concentração e alegria com direito a show musical de encerramento, realizado pelo cantor Luan Lacerda, ex- participante do programa, que se destacou no reality show musicalThe X-Factor Brasil.



 

Notícias relacionadas

22 de fevereiro de 2017

Jovens com ideias empreendedoras de ETECs fazem seu último encontro do Pense Grande

7 de fevereiro de 2017

Programa Pense Grande desperta o empreendedorismo social em jovens de todo o Brasil

8 de dezembro de 2016

Pense Grande: jovens empreendedores criam iniciativas sociais na Amazônia