alt marcas

O Indivíduo | Começando um projeto de vida

Atividade 6:

Tempo Estimado

40min

Materiais
Necessários

Apoiar os(as) jovens a identificarem quais são seus objetivos de vida.

#comofazer:

A_Cada jovem receberá a folha modelo (figura abaixo) que contém uma estrada em perspectiva. Essa estrada representa um dos muitos caminhos que poderá seguir durante a vida, afinal ela não é uma linha reta. 😉

Divida a atividade em duas etapas.

B_Na primeira etapa, os(as) jovens indicarão seus objetivos no curtíssimo (em seis meses), curto (em um ano), médio (em cinco anos) e longo prazo (em dez anos). Em cada período, dê cinco minutos para que registrem seus objetivos.

No desenho, eles(as) indicarão quais são seus objetivos nesses intervalos de tempo, ou seja, os de curtíssimo prazo (seis meses) estarão mais próximos do começo da estrada, os de um ano, um pouco mais à frente (em direção ao horizonte e às montanhas) e assim por diante. Essa representação gráfica é importante, pois mostra não apenas o tempo, mas o tamanho do caminho a percorrer.

C_Após registrarem os quatro objetivos (desejos) para os próximos dez anos, é preciso organizar como vão concretizá-los . Peça para os(as) jovens listarem as atividades que farão com que alcancem cada um desses objetivos.

Colocar-se um objetivo é fácil, por exemplo, “quero emagrecer 10 kg”. Mas de que maneira conseguirá isso? Essa é a magia, ou melhor, o plano para atingir cada objetivo proposto. Se deseja emagrecer 10 kg, a pessoa precisará listar quais ações tomará para isso, como:

a) Procurar um médico;
b) Realizar uma atividade física alguns dias por semana (de acordo com a recomendação médica). Dizer qual atividade – de preferência a que mais se gosta – quais tem condições físicas de fazer, onde, em que período do dia etc.;
c) Procurar um(a) nutricionista para fazer uma reeducação alimentar;
d) Ser mais ativo(a), por exemplo, ir para a escola a pé ou de bicicleta etc.

D_Ao final, ajude-os a fazer a ligação entre os objetivos que querem alcançar e como seu(sua) super-herói/heroína o(a) ajudará nesse projeto – os interesses e “o que sei bem fazer” serão fundamentais nessa caminhada.

Aqui é muito importante provocá-los(as) para que saiam das respostas óbvias, por exemplo, “Ah, juntando dinheiro” ou “Vou entrar num curso” ou ainda “Fazer um exercício”.É preciso que explicitem e aprofundem os “comos”, caso contrário não terão a dimensão de suas responsabilidades para atingir esses objetivos.

Incentive que listem atividades mais detalhadas e específicas possível, como: “Pretendo juntar dinheiro economizando nas minhas saídas semanais, deixando de gastar toda semana com uma balada” (ou outro divertimento); ou “Entrarei num curso de linguagem de programação para aprender mais sobre a área que desejo atuar profissionalmente”; ou “Farei caminhadas quatro vezes por semana após chegar da escola”.

Quanto mais específico, mais fácil saber por onde começar e saber se a atividade foi realizada.