alt marcas

Os participantes das 30 iniciativas selecionadas pelo Programa se reuniram pela última vez em São Paulo para encerrar a jornada empreendedora.

5 de fevereiro de 2020

Seis meses após o início da 5º edição do Pense Grande Incubação – programa que apoia jovens de periferia a transformarem suas ideias em negócios sociais – a jornada dos 30 empreendimentos incubados chega ao fim. Entre os dias 27 a 30 de janeiro, os jovens participantes do Programa se reuniram pela última vez, em São Paulo, para avaliar tudo o que aprenderam ao longo do processo.

Durante quatro dias, os participantes ficaram imersos e tiveram a oportunidade de participar de mais uma troca de aprendizados e autoconhecimento, antes de dar continuidade aos seus projetos por conta própria. A partir de atividades vivenciais, os jovens compartilharam reflexões, receberam feedbacks e puderam concluir a última etapa com orientações e referências importantes.

“Foi a primeira vez que trabalhamos com um maior número de empreendimentos (na edição anterior eram 15 em vez de 30) e também com a fase de pré-incubação. Isso ajudou na evolução dos projetos, resultando em empreendimentos maduros, com estruturas bem definidas e validação de faturamento”, afirma Marina Egg, consultora da Aliança Empreendedora, parceira-executora do programa.

Fim de um ciclo

Na visão de Anna Paula Sampaio, 28 anos, o encerramento representou um desenvolvimento decisivo: “Na primeira imersão a gente estava muito no campo das ideias e, nesse último momento, já tínhamos resultados validados e visíveis. O Pense Grande reconheceu nossas boas ideias e nos complementou com uma visão sistêmica”, afirma a jovem do empreendimento Jornada Exponencial, que desenvolve treinamento personalizado utilizando jogos de tabuleiro, digitais e realidade aumentada de maneira acessível.

Além das atividades em grupo que marcaram a troca entre os empreendedores, eles também prepararam e apresentaram o pitch de seus negócios sociais para investidores, marcaram reuniões com possíveis parceiros e participaram de atividades fora do hostel Casa Ideafixa, onde ficaram hospedados.

Os jovens fizeram uma visita ao espaço InovaBra Habitat, um prédio de eventos que tem como objetivo ampliar o conhecimento relacionado à tecnologia, sociedade e negócios, além de participar de um bate-papo com empreendedores como o Jaubra, Raízs e DuLocal.

Para finalizar a jornada empreendedora, os jovens conversaram sobre aspectos socioemocionais, como o sentimento de rejeição e frustração, além de receberem orientações em uma rodada 360º, dinâmica que considera a avaliação de participante para participante.

 

 

Autoconhecimento e aprendizados para o futuro

Para Claudio de Souza Rocha, 19 anos, o Pense Grande Incubação pode ser resumido em uma palavra: autoconhecimento. O jovem empreendedor do município de Magé, situado na região metropolitana Rio de Janeiro, criou o Turistando, iniciativa para valorizar o turismo local de pequenas cidades que têm atividades diversas, mas pouco destaque na mídia.

“Para mim, significou muito mais do que só um programa de incubação. Além de ter me dado a certeza de que impactar pessoas é o que eu quero para minha vida, aprendi que primeiro eu preciso me conhecer para só depois me encontrar como empreendedor”, descreve Claudio.

Já Tamila Silva dos Santos, 28 anos, ressalta que as assessorias e o apoio oferecido pelo programa foram essenciais para o desenvolvimento de seu negócio. A jovem de Salvador (BA) criou a plataforma Afro Impacto, que tem como objetivo conectar ecossistemas de empreendedorismo e grupos de interesse para impulsionar empreendedores negros, gerando desenvolvimento socioeconômico para os usuários do hub.

“A gente não tinha nada há dez meses. Agora, oferecemos três serviços: capacitação, cursos livres e consultoria”, conta Tamila. “Quando a gente empreende e tem que lidar com todas as nossas questões emocionais, percebe que o autoconhecimento é essencial. Eu não estava preparada para isso antes, amadureci muito nesse processo”.

Questionados sobre o futuro, os jovens acreditam que a experiência proporcionada pelo programa trouxe uma renovação necessária para as próximas etapas do projeto, mesmo sem saber o que vem pela frente.  “Não sei onde vou estar amanhã, mas os aprendizados do Pense Grande com certeza seguem comigo”, conclui Cláudio.

Resultados da 5ª Pense Grande Incubação 2019

 

– 30 negócios sociais selecionados.

– Um encontro regional presencial;

– Duas imersões presenciais;

– Quatro oficinas online;

– 279 assessorias;

– 24 empreendimentos já estão faturando após o Programa;

– 100% dos jovens tiveram acesso ao Fundo de Investimento do Pense Grande, como forma de apoio financeiro aos projetos.

Clique aqui para conhecer o nome de todos os projetos participantes e saber mais detalhes sobre a dinâmica do Pense Grande Incubação 2019!



 

Notícias relacionadas

Imagem mostra o detalhe de uma mão segurando uma caneta e escrevendo em uma folha colorida com vários post-its colados.
3 de fevereiro de 2020

Pense Grande: formação de educadores em empreendedorismo social foi destaque em 2019

Grupo de empreendedores do Pense Grande Incubação formado por 16 pessoas posa em encontro do projeto, que incentiva o empreendedorismo em rede.
5 de dezembro de 2019

A importância do empreendedorismo em rede para os negócios sociais

Jovens participantes do encontro Empreendedor do Pense Grande posam para foto em grupo em cima de um palco
28 de outubro de 2019

Encontro Empreendedor fortalece rede de jovens e troca de experiências