alt marcas

Empresa que ajuda na recuperação do movimento de pacientes e iniciativa que financia a educação de jovens por meio da moda são destaques do documentário

12 de dezembro de 2018

O uso da tecnologia para recuperação de pacientes e o investimento de recursos da moda para a educação são missões dos projetos Neurobots e Euzaria, destaques do Pense Grande.Doc em dezembro. O documentário exibe semanalmente cases de jovens empreendedores e é fruto de parceria entre o Canal Futura e a Fundação Telefônica Vivo.

Se antes o controle da mente era considerado um superpoder restrito a filmes e quadrinhos, o desenvolvimento da ciência tornou isso possível. É nesse cenário que surge a Neurobots para ajudar pacientes a reaver os movimentos perdidos após um acidente vascular cerebral (AVC).

A ideia para o projeto surgiu a partir da experiência do estudante de engenharia mecânica, Vitor Hazin, de 26 anos, que em 2015 partiu para um intercâmbio e estudou robótica na University of Reading, na Inglaterra. O jovem entrou em contato com a tecnologia chamada Interface Cérebro-Máquina, que reproduz o controle de movimentos pelo cérebro.

“Fiquei alucinado com a ideia e resolvi tentar desenvolver algo nessa área”, conta Hazin, que criou um protótipo de braço robótico controlado pelo cérebro, alcançando boa repercussão na mídia. “Muitos pacientes entraram em contato comigo para saber mais sobre essa tecnologia. Foi quando percebi que poderia transformar um projeto de faculdade em algo de fato útil”.

De volta ao Brasil, o jovem trouxe o equipamento para Recife, sua cidade natal, e formou uma startup. Com a ajuda do colega Júlio César Dantas, de 23 anos, com quem já havia trabalhado no programa estudantil Baja Sae Brasil, pensaram o conceito e fizeram um planejamento para levar aos pacientes tratamento personalizado com a ajuda da Neurobot.

Expansão do projeto

Zé Pimenta e Kiko Kislansky, criadores da Euzaria, um dos destaques do Pense Grande.Doc, estão usando camisetas estampadas marca.

Além de Vitor e Júlio, a equipe da Neurobots conta com outras cinco pessoas para inserir a tecnologia no mercado. A startup contou com capital semente privado e também fomento público através de programas de aceleração. Isso sem contar os testes em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco, onde realizaram uma pesquisa com 24 pacientes.

“O que mais nos incentiva é a vontade de fazer a diferença na sociedade, trazendo algo que impacte nacional e internacionalmente”, acrescenta Hazin sobre a expectativa para o ano de 2019, quando pretendem lançar o equipamento em clínicas de reabilitação. “Utilizando nosso exoesqueleto em conjunto com técnicas de reabilitação, esperamos que clínicas consigam potencializar a recuperação dos pacientes”.

O Pense Grande.Doc vai detalhar o funcionamento da tecnologia e a trajetória da Neurobots em episódio que vai ao ar dia 27/12, às 22h15, no Canal Futura. Após exibição, você pode assistir, na íntegra, pelo Youtube da Fundação Telefônica Vivo.

Euzaria e a moda consciente

Em dezembro, o Pense Grande.Doc mostra também uma solução viabilizada por meio da economia criativa: a marca de camisetas Euzaria reverte o lucro das camisetas para a educação de jovens da periferia.

A ideia surgiu a partir da iniciativa de Zé Pimenta, 33 anos, que cresceu na comunidade de Santo Amaro, em Salvador-BA, e expandiu fronteiras após realizar um curso de desenho em quadrinhos oferecido por uma ONG, descobrindo no design uma área de atuação.

“Quando a gente cresce em uma comunidade, ou desenvolve algo muito positivo ou encontra outros caminhos, entre aspas, mais fáceis”, conta o sócio da Euzaria. “Me envolvi com trabalhos dentro da própria ONG e o social passou a fazer sentido no meu caminho”.

Trabalhando em uma agência de publicidade conheceu Kiko Kislansky, de 27 anos, insatisfeito com modelos tradicionais de negócios. Reunindo referências de estudo no exterior e unindo esforços com o amigo, passaram a confeccionar estampas de camisetas com mensagens positivas. Daí nasceu a Euzaria, que se consolidou com o sistema de doar uma camiseta para cada venda realizada.

“As camisas são uma forma de vestir o que você acredita. Por isso as estampas trazem mensagens para o mundo, que refletem valores”, acrescenta Zé. A iniciativa se aproximou de moradores de rua e foi por meio deles que reposicionou sua atuação.

O episódio do Pense Grande.Doc do dia 13/12 vai contar a trajetória da marca, que passou a investir em educação, custeando um dia de aula de jovens do Instituto Aliança, que atua com adolescentes de 12 a 17 anos no enfrentamento à violência social.

Pense Grande.Doc

Quando? Quintas-feiras, às 22h15

Onde assistir?  Canal Futura e reprise no Youtube da Fundação Telefônica Vivo.

Episódios de dezembro:

06/12 – Dobra

13/12 – Euzaria

20/12 – Minerva

27/12 – Neurobots



 

Notícias relacionadas

Uma das facilitadoras do Impact Hub está comemorando, com os punhos para cima e segurando um caderno durante atividade do programa Pense Grande, que incentiva o empreendedorismo social.
6 de maio de 2019

Pense Grande amplia a atuação de empreendedorismo social nas ETECs e FATECs

Imagem mostra três jovens posando para a câmera. Eles usam camiseta onde se vê o logo do projeto Integra Mais.
3 de maio de 2019

Jovem se torna multiplicadora de metodologia sobre empreendedorismo social

18 de março de 2019

Empreendedores criam negócios sociais a partir de suas experiências de vida