alt marcas

História do projeto PLT4Way será contada no Pense Grande.Doc, programa exibido pelo Canal Futura em parceria com Fundação Telefônica Vivo

9 de novembro de 2018

Aprender outros idiomas pode oferecer muitas vantagens. Além de contribuir com o  desenvolvimento de habilidades cognitivas, o domínio de outra língua abre caminhos para oportunidades de trabalho e transformação social.

Pensando nisso, dois jovens da periferia paulistana, Diogo Bezerra (25) e Diego Ramos (24) criaram o PLT4Way,  um projeto que oferece curso de inglês gratuito para estudantes que não têm condições de investir em um curso de idiomas.

O sistema é simples: por meio de financiamento cruzado, o lucro obtido a partir de alunos pagantes é transferido para a educação 100% gratuita de um estudante da comunidade Jardim Pantanal, na Zona Leste de São Paulo.

A ideia surgiu em setembro de 2016, e resultou na abertura da empresa em abril de 2017. A estrutura do projeto, no entanto, foi produto de experiências que marcaram a trajetória pessoal de ambos, motivando-os a sempre manter o impacto social na raiz do modelo de negócios da PLT4Way.

“Foi por isso que nós nascemos, foi esse o propósito que nos tocou”, conta Diogo Bezerra. “É maravilhoso para nós contribuir e dar acesso a algo que não tivemos na nossa juventude e que nós consideramos de extrema importância como ferramenta de mudança social”, complementa o jovem.

Os jovens Diego e Diogo falam para uma plateia de alunos em uma escola de São Paulo

Pense Grande.Doc

A trajetória dos garotos no mundo do empreendedorismo social será contada no Pense Grande.Doc, no episódio que vai ao ar dia 22 de novembro. O documentário traz cases de jovens empreendedores de sucesso e é fruto de uma parceria entre a Fundação Telefônica Vivo e o Canal Futura.

O episódio tambem contará um pouco mais da história de vida dos jovens, os planos para o futuro da PLT4Way e o primeiro contato com o idioma, que lhes proporcionou a chance de investir no desenvolvimento pessoal e no empreendedorismo social como negócio. “Não é só o glamour de você ter seu próprio negócio ou poder gerar empregos, é também muita batalha”, acrescenta Diego, sobre os desafios de empreender.

Em novembro, mais quatro projetos ganham destaque no Pense Grande.Doc. Uma das iniciativas, que foi ao ar dia 8 de novembro, é o Art Ato, projeto que surgiu a partir da experiência de Heitor Santos, homem trans, e Maynara Santana, mulher cis, que juntos decidiram investir em um espaço de resistência e afirmação econômica para as comunidades marginalizadas pela sociedade.

Movimentando o mercado de Belém, o Art Ato oferece aos gays, trans, lésbicas, negras e negros a oportunidade de trabalharem em um ambiente acolhedor e empreendedor, realizando serviços ligados às seguintes áreas: estilo, moda e economia criativa. No espaço, são oferecidos cortes de cabelo, venda de acessórios, tatuagens, bazares, eventos de conscientização, entre outras manifestações artísticas e criativas.

Quer conhecer mais iniciativas que transformam boas ideias em ações de impacto social? Confira as datas de exibição dos episódios* que ainda vão ao ar em novembro:

15/11 – Projeto de Biogás

22/11 – PLT4way

29/11 – Flor do Sertão

*Os episódios do Pense Grande.Doc são exibidos todas as quintas feiras, às 22h15, pelo Canal Futura e no YouTube da Fundação Telefônica Vivo.



 

Notícias relacionadas

Uma das facilitadoras do Impact Hub está comemorando, com os punhos para cima e segurando um caderno durante atividade do programa Pense Grande, que incentiva o empreendedorismo social.
6 de maio de 2019

Pense Grande amplia a atuação de empreendedorismo social nas ETECs e FATECs

Imagem mostra três jovens posando para a câmera. Eles usam camiseta onde se vê o logo do projeto Integra Mais.
3 de maio de 2019

Jovem se torna multiplicadora de metodologia sobre empreendedorismo social

18 de março de 2019

Empreendedores criam negócios sociais a partir de suas experiências de vida