alt marcas
18 de outubro de 2018

Quatro encontros serão realizados nas ETECs participantes do programa de apoio ao empreendedorismo social para formar cerca de 60 professores

Valorizar a formação de professores e prepará-los para orientar os alunos em sua trajetória empreendedora é também uma preocupação do Pense Grande. Para dar ainda mais suporte ao desenvolvimento da aprendizagem dos estudantes, o programa inverte o foco para os educadores, propondo integrá-los à metodologia aplicada aos jovens das ETECs participantes do programa.

Serão quatro encontros formativos com cerca de 60 professores. As atividades aprofundarão o olhar sobre os seguintes eixos temáticos: o Indivíduo, Empreendedorismo e Tecnologia, Comunidade e Pitch do Professor. O primeiro encontro aconteceu em setembro, na ETEC Irmã Agostina, zona sul de São Paulo, e trabalhou a perspectiva como indivíduo e profissional.

O objetivo da iniciativa é justamente fazer com que os educadores dialoguem com o que foi aprendido por seus alunos no Pense Grande, provocando reflexão sobre suas estratégias pedagógicas a fim de darem maior sustentação no desenvolvimento de empreendimentos sociais. “Se o aluno entra em contato com toda uma metodologia e não encontra eco em sala de aula, se desestimula”, diz Mônica Mandaji, consultora do Instituto Conhecimento para Todos e responsável pela formação.

 

Pedagogia da transformação

Durante o primeiro encontro os participantes foram convidados a descobrir novidades sobre eles mesmos por meio de dinâmicas interativas. Focaram em traçar o perfil profissional, estabeleceram conexões com outros colegas e, para finalizar, realizaram a atividade “Você se lembra?”. Nela, cada participante relembrou o porquê de ter escolhido a profissão, além de falar sobre qual professor foi mais marcante em sua formação.

A intenção é trazer inspirações e trocas de conhecimento para basear cada etapa. São ao todo 32 horas de formação, divididas entre encontros presenciais e à distância. O lúdico é o elemento que norteia todo o processo. À medida que os professores conquistam novos desafios, são premiados com os chamados “superpoderes”, que vão desde tolerância até o uso da tecnologia, para transformá-los em profissionais mais antenados e com olhar ampliado.

“O professor irá vivenciar as principais etapas do Pense Grande, inclusive o pitch. No último encontro, cada educador apresentará o seu pitch e compartilhará o seu projeto ou a didática que colocou em prática. A ideia é que percebam que podem inovar e empreender em sala de aula”, conta Mandaji sobre a programação metodológica da formação.

 

O que dizem os professores?

Para Patrícia Matarazo, da ETEC Prof. André Bogasian, foi justamente o engajamento que a motivou a procurar a formação de professores. “Na minha escola, os professores estão começando a se envolver mais com o Pense Grande. Eles estão mais curiosos e interessados em aprender a metodologia”, relata a educadora, acrescentando que outros seis colegas participam da iniciativa.

Já o professor Jacy Ferreira Brada, da Fatec Guarulhos, enxerga a oportunidade como uma extensão para a transformação, não só do ensino dos alunos, mas também como indivíduo. “Vejo essa oferta como um auxílio a cobrir a lacuna de atualização que o professor sempre precisa. É um processo: mudar a sala de aula vai elevar a mudança em quem está em formação, ansioso para se transformar em alguém que faz a diferença”, conta.

O encerramento dos encontros contará com a apresentação das ideias de práticas pedagógicas inovadoras desenvolvidas pelos professores e será em novembro na ETEC Parque da Juventude, na zona norte de São Paulo. Até lá, será formada uma rede de aprendizado e fortalecimento para ampliar ainda mais os recursos de jovens empreendedores!



 

Notícias relacionadas

14 de novembro de 2018

Jovens do Pense Grande se encontram com empreendedores em SP

Integrantes do projeto PLT4Way posa para foto
9 de novembro de 2018

Empreendimento social oferece curso de inglês gratuito em periferias de SP

Imagem de uma garota de camiseta listrada e óculos de grau dentro de um ônibus. Ela está com a cabeça abaixada, os olhos fechados e usa um fone de ouvido.
25 de outubro de 2018

Pense Grande lança podcasts para jovens empreendedores