alt marcas

Diego Silva, que passou pelo programa do Pense Grande dá depoimento e dicas para você inscrever sua ideia ou negócio de impacto social

11 de março de 2019

A Parafuso Educomunicação foi uma das iniciativas selecionadas, em 2017, para participar da Incubação do Programa Pense Grande, da Fundação Telefônica Vivo. Pra quem não sabe, a Parafuso é o coletivo curitibano no qual eu, a Juliana Cordeiro e a Paula Nishizima somos co-fundadores, e que promove o engajamento e a participação cidadã de adolescentes e jovens nas decisões em sociedade por meio da comunicação, educação e tecnologia. Foram nove meses incríveis de bastante aprendizado e desenvolvimento pessoal e do nosso empreendimento social também (:

Inclusive, eles estão com as inscrições abertas para quem quiser concorrer a uma das 30 vagas para empreendimentos a serem incubados. Clique aqui para acessar o regulamento e visite o site de inscrições, onde é possível encontrar um infográfico com o passo a passo do processo seletivo. Mas corre! O prazo final para se inscrever é dia 15 de Março de 2019!!!

Pra incentivar você a não deixar essa oportunidade passar, listei 10 motivos essenciais pra você inscrever a sua ideia no Pense Grande Incubação!

1. Você pode receber assessorias presenciais e online do início ao fim do período em que estiver incubado.

2. Você pode conhecer lugares incríveis durante as atividades de imersão. Nós, por exemplo, visitamos as sedes do Google Brasil e do Facebook Brasil, em São Paulo.

3. Você passa a se conectar com uma rede fantástica de jovens abertos a compartilhar sonhos, ideias e até as angústias dessa jornada que é empreender.

4. Várias oportunidades de conhecer e conversar com convidados(as) incríveis vão surgir. A gente conheceu inúmeras pessoas como as fundadoras do Think Olga, por exemplo. Mas quando voltamos para nossas comunidades, tecemos novas redes e conhecemos pessoas maravilhosas testando novos formatos e metodologias, como no lançamento da experiência #ParafusoLab

5. Você vai ter a paz necessária para parar tudo o que está fazendo na vida e se concentrar em desenvolver o seu negócio com a sua equipe.

O jovem Diego Silva posa para foto com outras duas colegas

6. O desenvolvimento do negócio vai caminhar junto com o seu desenvolvimento pessoal. Empreender também é uma jornada de autoconhecimento.

7. De acordo com a apresentação de resultados, seu acesso a um capital semente pode ser maior! Todos(as) recebem aporte financeiro necessário para desenvolver produtos e serviços. Entretanto, mais itens da sua solicitação podem ser aprovados se você colocar a mão na massa!

8. O acompanhamento da evolução do negócio e os encontros presenciais de imersão acontecem através de metodologias gamificadas. É tipo um jogo mesmo, em que os(as) participantes são motivados(as) a avançar cada uma das fases.

9. Fica mais fácil compreender onde você tá errando, o que é preciso melhorar e o que já está bom. Os feedbacks são constantes e boas verdades são ditas com amor. Tudo com o objetivo de impulsionar o crescimento do empreendimento de forma saudável e ágil.

10. Impossível sair do processo de incubação do mesmo jeito que entrou. É sério.
Tenho outros motivos pra te indicar a se jogar nessa oportunidade, mas a lista ia ficar muito grande. Mas vamos parar por aqui, pois acredito já há motivos suficientes, né não? ;D #PenseGrande #todospodemempreender

*Este artigo foi originalmente publicado no blog do Diego Silva



 

Notícias relacionadas

Uma das facilitadoras do Impact Hub está comemorando, com os punhos para cima e segurando um caderno durante atividade do programa Pense Grande, que incentiva o empreendedorismo social.
6 de maio de 2019

Pense Grande amplia a atuação de empreendedorismo social nas ETECs e FATECs

Imagem mostra três jovens posando para a câmera. Eles usam camiseta onde se vê o logo do projeto Integra Mais.
3 de maio de 2019

Jovem se torna multiplicadora de metodologia sobre empreendedorismo social

18 de março de 2019

Empreendedores criam negócios sociais a partir de suas experiências de vida